C U R S O S de Mestrado
three lions

                  

 


 
Universidade Nova de Lisboa
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Corpo e  Espaço nas Artes Contemporâneas (2016/17)
  (1.º Semestre)
O curso tem lugar na FCSH, Sábados, Auditório 3, das 10.00 às 13.00

Docente: José A. Bragança de Miranda


 

PROGRAMA

 

É cada vez mais difícil falar de «arte» no singular, porque foi desaparecendo a sua especificidade enquanto meio, bem como as fronteiras que separavam o objecto artístico dos outros objectos. Falar das «artes», no plural, corresponde a reconhecer que, na contemporaneidade, as artes escaparam às categorias e códigos que as delimitavam, ao mesmo tempo que se disseminaram por toda a experiência. As razões disso são múltiplas, nomeadamente de ordem tecnológica e «cultural». A apreensão deste fenómeno passa, primeiramente, por compreender o lugar da arte na modernidade e as suas trajectórias subsequentes, desde o modernismo e as vanguardas até ao que se convencionou denominar como pós-vanguarda.

As artes contemporâneas caracterizam-se por uma enorme diversidade, resultante da crise das categorias estéticas e da disseminação pós-objectual das práticas artísticas. Para responder analiticamente a esta crise torna-se necessário proceder a uma cartografia das tendências das artes contemporâneas, especialmente insistentes na actualidade. Para além do especial estatuto da imagem, é sobre a carne/corpo e a terra/espaço que se têm desenvolvido um recentramento sobre as artes, politicamente orientado e já não «estético».

O seminário do presente ano lectivo  será dedicado ao estudo da geoestética contemporânea, procurando-se deterimnar as condições para pensar a expansão da arte.

É sobre este pano de fundo que serão inscritas as obras de alguns artistas contemporâneos, particularmente significativos para a exposição dos limites com que a arte está confrontada.

 

Programa

Corpo e Espaço nas Artes Contemporâneas

 

Parte I:  Sobre o acesso ao contemporâneo
1.1. Teses de Agamben sobre o contemporâneo

1.2. Badiou e o presente
1.3. A Ideia de constelação

 

Parte II: Da expansão das artes

 2.1. Artes contemporânas ou arte global?
2.2. 
Do fim da arte à ideia de arte (Hegel)

2.3.  O problema da obra de arte total (Wagner)

2.4. A herança Duchampiana


 

Parte III: Seminário sobre Geoestética

3.1  O acontecimento da Terra (de Benjamin a Deleuze)

3.2. Benjamin e o cinema como obra de arte global

3.3. Heidegger e o conflito arte e terra

3.4. Carl Einstein e a obra de arte metamórfica

3.5. A perspectiva geoestética

 

 

Formas de Avaliação:

Estão em vigor duas modalidades. A avaliação contínua, que exige a participação no seminário, com a preparação de um texto, e a entrega de um trabalho de cerca de 10-12 paginas; a avaliação pontual, que consistirá num teste sobre toda a matéria efectivamente dada.

 

Programa, Bibliografia, Contacto

 email: jbmaulas@gmail.com

 

 

 

 CADERNO DE TEXTOS

 Parte I:  Sobre o contemporâneo

Sessão 1. Teses de Agamben sobre o contemporâneo

 

Giorgio Agamben: «Du contemporain», Paris, Payot, 2008.

 

 

Sessão 2. Badiou e o presente

 

Alain Badiou: Le Siècle, Paris, Seuil, 2005.

 

 

Sessão 3.  A ideia de constelação

 

George Otte & Lídia Volpe, “Um olhar constelar sobre o pensamento de Benjamin” in Fragmentos, 18, 2000.

 

 

 

Parte II: Da expansão das artes

Sessão 4. Artes contemporânas ou arte global? (Belting)

 

Hans Belting: «Contemporary Art as Global Art - A Critical Estimate» in Hans Belting and Andrea Buddensieg (eds.): The Global Art World, Ostfildern 2009

Terry Smith: “Contemporary art and contemporaneity” in Critical Inquire, 33, 2006. (apoio)

 

 

Sessão 5. Do fim da arte à ideia de arte

 

Arthur Danto: «Hegel’s end of art thesis» (1999).

Stephen Houlgate, “Hegel and the "End" of Art” in The Owl of Minerva 29: 1 (1997)

 

Sessão 6. O problema da obra de arte total (Wagner)

 

Matthew Smith, “Total Stage: Wagner’s Festspielhaus” in The Total Work of Art, Routlegge, 2017
David Roberts, “The Will to Power as Art: The Third Reich “ in The Total Work of art in European Modernism, Cornell UP. 2011 (apoio)

 

 

Sessão 7. A herança Duchampiana

Marcel Duchamp - «L’Act créatif» in Duchamp du Signe. Écrits, Paris, Flammarion, 1975

Marcel Duchamp,  Entretien avec Pierre Cabanne (apoio)

Programa de Teoria da Cultura 2016

 

Parte III: Seminário sobre Geoestética

 


 

Sessão 8. O acontecimento da Terra (de Benjamin a Deleuze)

 

Programa de Teoria da Cultura 2016

Walter Benjamin, “Para o Planetário” (Trad. João Barrento)

Programa de Teoria da Cultura 2016

Gilles Deleuze - «Geophilosophie» in Qu’est-ce-que la Philosophie, Paris, Minuit, 1991 (versão portuguesa)

Programa de Teoria da Cultura 2016


 

Sessão 9. Benjamin e o cinema como obra de arte global

 

Walter Benjamin: «A obra de arte na época da sua reprodutibilidade técnica» in A modernidade, Lisboa, Assírio & Alvim (trad. João Barrento

Walter Benjamin: Anotações e Complementos ao ensaio sobre a obra de arte (in A modernidade, Lisboa, Assírio & Alvim (trad. João Barrento)

 

Sessão 10. Heidegger e o conflito arte e terra

 

Programa de Teoria da Cultura 2016

Martin Heidegger, “Sobre a Madona Sistina”, trad. Irene Borges Duarte, LusoSofia, 2009.

Programa de Teoria da Cultura 2016

Martin Heidegger, A Origem da Obra de Arte, Lisboa, FCG.

 

Sessão 11. Carl Einstein e a obra de arte metamórfica

 

Programa de Teoria da Cultura 2016

Carl Einstein, “Gestalt and concept” in OCTOBER 107, Winter 2004, pp. 169–76.

Programa de Teoria da Cultura 2016

Georges Didi-Huberman , “‘Picture = Rupture’: Visual Experience, Form and Symptom        according to Carl Einstein” in Papers on surrealism (online) (apoio)

 

Sessão 12. A perspectiva geoestética

 

Programa de Teoria da Cultura 2016

GARY SHAPIRO - «Nietzsche on Geophilosophy and Geoaesthetics» in A Companion to Nietzsche, Edited by Keith Ansell Pearson, 2006, Blackwell

 

 

 

 

 

 

 

  home                     aforismos  rae  ensaios  livros  cursos projectos actividades  curriculum ligações
   JBM, 2003                                                                                                                  e-mail: jbmiranda@netcabo.pt